http://euamodesigndeinteriores.blogspot.com.br/2015/04/diferencas-entre-piso-ceramico-x.html

Qual a diferença entre cerâmica e porcelanato?

06/02/2017

   Uma dúvida muito comum que grande parte das pessoas têm é a diferença entre os pisos cerâmicos e porcelanatos, devido a semelhança entre os produtos. Podemos destacar que a principal diferença entre a cerâmica e o porcelanato está no processo de produção de tais materiais. Se analisarmos bem, o porcelanato não deixa de ser um produto cerâmico, porém passa por um processo de produção tecnologicamente mais complexo, no qual envolve a mistura de porcelana, argila, feldspato, areias, filitos, caulins e alguns aditivos, quando necessário. A cerâmica, por sua vez, tem a argila como matéria-prima e o processo de produção é mais simples. As diferenças também estão no momento da queima, enquanto a cerâmica é submetida a temperatura de 540°C, o porcelanato precisa de 1200°C para ser fabricado.

   Quando se trata de aparência, o porcelanato é considerado mais sofisticado, pois o produto tende a ser mais denso, homogêneo e com um aspecto vitrificado; isso sem mencionar que seu brilho polido não pode sequer ser comparado ao brilho discreto e rústico da cerâmica.
   Quanto às cores e aos tamanhos, a variedade de ambos é enorme, ficando ao gosto e necessidade do cliente a escolha entre tantos modelos. Vale ressaltar que o acabamento na instalação do porcelanato pode ser feito com junta seca, enquanto o assentamento da cerâmica só é feito com rejunte convencional. É importante mencionar que ambos os produtos são encontrados em diferentes marcas e preços, variando entre uma baixa qualidade e qualidade e durabilidade excelentes. 

   De modo geral, o porcelanato é mais resistente do que as cerâmicas comuns, sendo indicado principalmente para locais em que há uma alta circulação de pessoas, além de possuir alta resistência à abrasão e baixa absorção de água.  O porcelanato costuma ser mais caro do que a cerâmica, embora já esteja disponível no mercado peças com preços bastante acessíveis. É possível achar porcelanatos desde 30 até mais de 200 reais o metro quadrado. Os pisos cerâmicos, por sua vez, são mais baratos até mesmo no momento de contratar a mão de obra necessária para o assentamento. É importante destacar que, apesar da economia ser indispensável, você não deve pensar apenas no preço, ok? Avalie o custo-benefício, a durabilidade do produto, a garantia e a estética do material na hora de escolher entre a cerâmica e o porcelanato.

   Uma dica para conservar o porcelanato bonito por mais tempo é que você limpe o piso diariamente com um pano umedecido somente em água e detergente neutro. Para limpar a cerâmica o trabalho é um pouco maior, pois você vai precisar varrer ou aspirar, passar um pano bem molhado na superfície e secar logo em seguida para evitar manchas. Cuidado para não usar materiais abrasivos em nenhum dos pisos, pois a superfície pode acabar danificada.
   No momento de comparar, não há como dizer que um piso é melhor do que o outro; sua necessidade e pretensão de investimento vão definir qual o melhor produto a escolher. Se a manutenção for feita adequadamente, tanto a cerâmica quanto o porcelanato são ótimas opções. Lembrando que os pisos cerâmicos são menos duráveis, mas possuem a vantagem de serem mais baratos. Enfim, o porcelanato não veio para substituir a cerâmica, na verdade ambos acabam se somando e trazendo para as construções inúmeras possibilidades.

Thaynara S. Gabardo